quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Ah, eu amo!










Amo teu olhar perdido,
Teus sonhos acordados
Adoro estes momentos
Quando o vento beija teus
cabelos.

Os faz bailar no ar que cena!
Sabendo que eu tenho ciúmes
Ele traz - me teu perfume
Maroto o vento sorri de mim.

Eu amo este teu sorriso
De mulher quase menina
Amo você sussurrando poemas
Fazendo gestos a cada palavra
Acalenta a minha alma, me dá paz

Na verdade eu a amo por inteiro
Porque é você metade de mim.


(Joe Luigi)

3 comentários:

  1. Que as palavras de Drummond, falem por mim:

    "Desejo a você...
    Fruto do mato
    Cheiro de jardim
    Namoro no portão
    Domingo sem chuva
    Segunda sem mau humor
    Sábado com seu amor
    Ouvir uma palavra amável
    Ter uma surpresa agradável
    Noite de lua Cheia
    Rever uma velha amizade
    Ter fé em Deus
    Não ter que ouvir a palavra não
    Nem nunca, nem jamais e adeus.
    Rir como criança
    Ouvir canto de passarinho
    Escrever um poema de Amor
    Que nunca será rasgado
    Formar um par ideal
    Tomar banho de cachoeira
    Aprender uma nova canção
    Esperar alguém na estação
    Queijo com goiabada
    Pôr-do-Sol na roça
    Uma festa
    Um violão
    Uma seresta
    Recordar um amor antigo
    Ter um ombro sempre amigo
    Bater palmas de alegria
    Uma tarde amena
    Calçar um velho chinelo
    Sentar numa velha poltrona
    Tocar violão para alguém
    Ouvir a chuva no telhado
    Vinho branco
    Bolero de Ravel...
    E muito carinho meu".( Parte Poema de CDA)

    ResponderExcluir
  2. Morenacristal40@yahoo.com.br26 de novembro de 2009 20:35

    BELÍSSIMO,adoro passar por aqui pra ler e reler estas maravilhas..Perfeito!
    De encher os olhos e a alma!
    Parabéns...muita LUZ em sua vida...

    ResponderExcluir
  3. " Ah! eu amo "
    Lindo poema!Parabéns pela sua sensibilidade e este amor que transborda de dentro de você!!
    E que nos passa tanto amor!
    Obrigado querido Joe por ser meu amigo!!
    Beijos com muito carinho.

    ResponderExcluir