quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Amores?!


Amores?!
Eu tenho amores meus secretos.
Eu tenho todas as portas abertas,
Sempre para novos amores.

Sempre tenho meus espaços vazios
Também amores vazios, e sem emoções.
Tenho amores serenos outros, são explosões.

Tenho meus amores sagrados.
Meus amores roubados, que foram levados
Pelo vento de outono, junto às folhas secas,
Varridos para bem longe de mim.

Na realidade, nem sei se foram amores,
Ou desamores não sei!
Tudo que sei, é que eu sempre amei.

Joe Luigi

4 comentários:

  1. Oi, tudo bem? Que bom estar aqui em seu espaço.
    Mas hoje quero lhe convidar para conhecer o JORNAL AFOGANDO O GANSO/ http://afogandooganso.blogspot.com/ um blog de conteúdo cultural e informativo. Bem humorado e de fácil leitura.
    Apareça por lá, ta bom? E aproveita deixa comentário e siga também e eu lhe estarei sendo recíproco.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Joe,

    Eu tenho amores secretos.
    Você também?

    Lindo, Parabéns!
    beijos!

    ResponderExcluir
  3. O amigo: um ser que a vida não explica
    Que só se vai ao ver outro nascer
    E o espelho de minha alma multiplica...

    Vinicius de Moraes

    Bom dia com amor e poesia...M@ria

    ResponderExcluir
  4. Joe, você escreve lindamente!!! Estou encantada!!! Estarei levando alguns dos seus textos maravilhosos para o meu mural no facebook, mas com os devidos créditos, claro!!! Estarei sempre por aqui!!! Beijos!!!

    ResponderExcluir