quarta-feira, 8 de junho de 2011

O Mar...





















O Mar...

O mar que te leva a sonhar
Sobre o sol ardente te abraça
Te aconchega como um amante
Faz você florescer, desabrochar.

O mar
Beija você com a brisa do vento
Aspira teu cheiro como o das flores
E te desperta para os teus amores
Fazendo - te enamorar...

O mar
Com seu azul indefinido e profundo
Faz realidade os teus sonhos
Te faz criança outra vez...
O mar te desperta te faz crescer.

Acorde... Vem amar... Vem viver
Curta a realidade, pare de sonhar
Vem, me dê um abraço gostoso.

Joe Luigi

4 comentários:

  1. Luigi rsss toda vez que venho aqui, vc ta me chamando pra ir aí, olha que vô não me tenta meu poeta rsss.

    Lindo como sempre, eu adoro o mar e sempre olhando a sua imensidão, sentindo o seu cheiro, olhando o movimento, sentindo o vento me encontro, a imagem do poema me retrata, muitas vezes fico assim mesmo a sonhar, nessa mesma posição, sonhando e pensando na vida.

    beijos meu poeta que dolooooo, nossa eu to no maior sufoco com o blogue ainda, na esperança de logo tudo se resolver, saudade de vc e da sua casa que sempre considerei minha também.
    se cuida.

    Abraços pertadinhos.

    ResponderExcluir
  2. Venha mas vezes dja, você faz parte deste blog como dizes e sinto sua falta, beijos

    ResponderExcluir
  3. oi meu amável poeta...to com saudades de vc! te doro tb

    ResponderExcluir