terça-feira, 16 de julho de 2013

Janela do meu olhar

Janela do meu Olhar

Nas tardes quentes de verão
pela janela do meu olhar, eu te
procuro, busco-a entre as flores
coloridas e os trigais...
Várias fragrâncias misturam-se
deixando o ar perfumado...
e meu coração embriagado de amor
Me apaixonei logo que a vi, é linda!
Chegou quase no final da primavera
quando havia ainda pés de trigo verdes
e algumas flores cálidas que confundiam
os meu olhos entre a sua beleza e a das flores.
O meu olhar e meu coração você tomou para si,
fez-me inteiramente seu e eu a adoro.
E neste momento, vejo-te linda e serena
caminhando entre as flores de vários tons
Seus cabelos soltos ao vento, voam livres
e os teus olhos feitos contas de cristal,
me olham reluzindo em amor hoje tão meu
Ora, tu és uma folha em orvalho, ora és os
meus mais lindos  versos de amor.

___Joe Luigi


9 comentários:

  1. Que lindo esse seu amor de primavera por ela! Um amor com tons suaves e mágicos. O vermelho de um amor intenso, o verde do crescimento da esperança e o lilás para enfeitar essa aura e espantar a envidia.

    ResponderExcluir
  2. Poeta,
    Linda poesia,todas as suas poesias são lindas. Parabéns!Sucesso!

    ResponderExcluir
  3. Olá Roseli Vaz amei seu comentário, muito obrigado

    ResponderExcluir
  4. Obrigado Maria Catherine Rabello, muito sucesso também.Obrigado.

    ResponderExcluir
  5. Oi Andrea Ribeiro, obrigado amiga.

    ResponderExcluir
  6. "Ora você e meu principe encantado,
    ora es meu amor proibido...Mas consigo,
    dentre o brilho dos teus olhos, descobrir
    tudo que sinto..."
    Bjos hein!

    ResponderExcluir
  7. Ficou tão lindo que nem coube o sapo né? Beijos

    ResponderExcluir
  8. Mas o sapo esteve presente,
    afinal, ate descobrirmos
    o verdadeiro amor, todos nos
    sentimos um pouco sapo...rsrs
    Te ADoro...bjos.

    ResponderExcluir