quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Teu cheiro

Teu cheiro_ 

Busco-a em tudo que tenha o teu cheiro
entre o amor e a razão, entre a paixão
e o AMAR.
Te busco nos versos dos meus poemas,
nesta música que ouço agora, neste toque 
elegante do piano ... 
onde eu escuto sentimentos como palavras
sussurradas, sopradas, em meus ouvidos
como se fossem uma brisa de vento.
Brisa amorosa recheada de palavras amáveis
as quais estou ansioso para ouvir e tu calas,
nada fala e eu sei que queres chamar-me.
Como eu, me queres ao teu lado mais que
muito.
Num abraço apertado, num entrelaçar de dedos,
num encaixe perfeito que existe em nós.
Nos amamos, somos o côncavo e o convexo,
que por bobeiras sem nexo se ausentam 
um do outro.
Porque fazemos isto, talvez por orgulho tolo,
nada mais.


_______Joe Luigi
© Direitos reservados
conforme artigo (Lei 9610/98).

Nenhum comentário:

Postar um comentário