terça-feira, 3 de novembro de 2009

Quando a chuva cai...


Quando a chuva cai e
Molha tua roupa até grudar no
Corpo mostrando -me as formas
De você, é lindo demais!

Tua roupa molda os seus seios
Emana o teu gostoso calor
É magia pura e te convido a
Caminhar descalço,me beijar.

Amo seus cabelos molhados
Nos ombros desalinhados,
Te faz moleca e eu adoro!
Amo caminhar contigo de
Mãos dadas
Brincar, gargalhar ao teu lado.

E na magia da chuva
Viramos moleques, crianças
Livres e sapecas só travessuras.

Crescemos apaixonados
hoje estás ao meu lado...
Não és mais
minha menina travessa
És, minha menina mulher!

(Joe Luigi)

Um comentário:

  1. Quando a chuva cai sabemos que a natureza vive e que os frutos viram.

    Meu beijo

    ResponderExcluir